Vita Hospital

Esqueci minha senha
Quero me cadastrar
E-mail: Senha:
Faça sua inscrição gratuita pelos telefones

(41)3883.8465 ou (41)3883.8414

Local do Evento:
Hospital VITA Batel
Rua Alf. Ângelo Sampaio, 1896

Realização
Hospital VIta
Apoio
PsicoSaude Frischmann
Profisio Medirest
Favi

Notícias

21.06.2012

Ortopedista explica diferenças entre artrose e osteoporose

Dr. Christiano Saliba Uliana será palestrante de seminário gratuito, que faz parte do “Viver Mais VITA – Melhor Idade”, programa do VITA Batel

Elas acometem grande parte da população acima dos 50 anos, atingem os ossos ou articulações e interferem na qualidade de vida. Essas são algumas das poucas características comuns à artrose e osteoporose, de acordo com o ortopedista do VITA Batel, especialista em Cirurgia do Quadril, Dr. Christiano Saliba Uliana. “Na realidade, são duas doenças bastante distintas, que possuem muitas diferenças entre elas”, afirma o especialista – que vai ministrar um seminário gratuito sobre o tema no próximo sábado, dia 30, a partir das 8h30, no VITA Batel. A palestra faz parte do “Viver Mais VITA – Melhor Idade”, programa do hospital.

A artrose, ou osteoartrite, é um processo caracterizado pelo desgaste da cartilagem articular, o que leva a um processo inflamatório. A “artrose primária”, segundo o ortopedista, pode estar relacionada à genética, não havendo doença prévia ou trauma que explique o seu desenvolvimento. “As secundárias, por sua vez, têm causas identificáveis, como fraturas prévias, doenças metabólicas ou reumáticas e obesidade”, afirma Saliba. Informações do Ministério da Saúde apontam que 15 milhões de pessoas sofrem com o problema no Brasil, ou seja, 80% dos idosos com mais de 70 anos.

Já a osteoporose, doença que atinge 10 milhões de brasileiros, segundo o Ministério da Saúde, é caracterizada pela baixa concentração de cálcio nos ossos. “A perda ocorre em decorrência, por exemplo, da baixa quantidade de hormônios femininos, após a menopausa”, completa o ortopedista. A doença atinge mais mulheres (de 13% a 18%) do que homens (3% a 6%), conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), que levam em consideração a população acima dos 50 anos.

Observar sintomas e traumas – Quanto aos sintomas da artrose, o mais comum é a dor articular, geralmente progressiva e relacionada aos esforços. “Nas fases mais avançadas da doença, podemos encontrar diminuição da amplitude dos movimentos (rigidez), instabilidade e edema (inchaço) articular”, completa o especialista. A osteoporose, por outro lado, não tem nenhum sintoma como consequência. “Mas pode se manifestar através de fraturas dos ossos após trauma de baixa energia, como quedas da própria altura”, alerta o médico.

Em ambas as doenças, o diagnóstico funciona de forma simples, de acordo com Saliba. “Como toda doença, primeiramente a conversa com o paciente e um bom exame físico são essenciais para o correto diagnóstico”, destaca. Radiografias simples são suficientes para o diagnóstico de artrose, e a densiometria é o exame utilizado para constatar osteoporose.

Para prevenir a osteoporose, são recomendados os usos de cálcio e vitamina D. “Tomar sol cinco minutos por dia nos braços e nas pernas produz vitamina D suficiente para ajudar na prevenção da doença”, resume Saliba. No tratamento, são incluídos hormônios e medicações que favorecem a absorção de cálcio pelos ossos. A artrose pode ser tratada com exercícios físicos, medicação, perda de peso e, nos casos em que estas medidas não dão mais resultado, existe também uma cirurgia, a artroplasia.

Mais sobre a palestra – Antes do evento voltado à terceira idade, são realizados café da manhã e atividades físicas e culturais de integração. Além disso, são oferecidos, aos 30 primeiros inscritos, exames gratuitos de prevenção, com o apoio do Laboratório Frischmann Aisengart. As vagas para o seminário são limitadas e podem ser realizadas por telefone (41 3883.8414 ou 3883.8465) ou por meio do site do programa (www.vivermaisvita.com.br).

Mais informações:
Artrose x Osteoporose – Causas, prevenção e tratamento

Artrose: Doença reumática, caracterizada por desgaste da cartilagem e ossos, decorrente de inflamação da articulação. A artrose primária tem causa desconhecida, enquanto a secundária ocorre devido a fraturas prévias, doenças metabólicas ou reumáticas e obesidade.

Estatísticas – Cerca de 15 milhões de pessoas possuem a doença no Brasil – isso equivale a 80% dos da população com idade superior a 70 anos, apontam dados do Ministério da Saúde.

Osteoporose: Ocasionada pela perda de cálcio nos ossos, a doença é mais comum entre as mulheres, após a perda de hormônios que ocorre devido à menopausa.

Estatísticas – Entre a população mundial, de 13% a 18% das mulheres e 3% a 6% dos homens (acima de 50 anos) têm osteoporose, conforme registros da Organização Mundial de Saúde (OMS). Já no Brasil a doença acomete 10 milhões de pessoas, com uma previsão de 1 milhão de novos casos por ano, revelam informações do Ministério da Saúde.

Serviço
Palestra Artrose e Osteoporose - Programa “Viver Mais VITA – Melhor Idade”
Quando: sábado, 30 de junho, a partir das 8h30
Onde: CEVITA - Centro de Estudos do VITA Batel - Rua Alferes Ângelo Sampaio, 1.896 - Batel - Curitiba - PR
Entrada gratuita (vagas limitadas)
Informações e inscrições: (41) 3883.8414 ou 3883.8465

<< voltar

2010. Grupo VITA
Todos os direitos reservados